O ministro do “STF” Supremo Tribunal Federal,  Edson Fachin, acompanhou o colega Alexandre de Moraes e votou a favor do envio, pela Receita, de extratos bancários e declarações do imposto de renda ao Ministério Público.

Leia um trecho do voto do ministro aqui;

“Entendo viável a irrestrita remessa das informações coletadas pelo fisco, bem como da integralidade do procedimento fiscalizatório, sendo desnecessário em ambos os casos prévia autorização judicial”,

afirmou o ministro.

O voto diverge do ministro Dias Toffoli, que quer proibir a todo custo o envio desses documentos ao MP, em razão do sigilo bancário e fiscal.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui