Bolsonaro, Brasil, Weintrab
Foto: Agência Brasil/EBC

Nos últimos dias, muito tem se falado pela Grande Mídia que o ministro da Educação, Abraham Weintraub seria destituído do cargo e deixaria de fazer parte do governo Bolsonaro. Porém, Bolsonaro – Presidente da República – negou quaisquer especulações de que haveria a troca de ministro na Educação.

Neste sábado (14), ao passear pela Praça dos Três Poderes, em Brasília, o presidente assegurou que não há nenhuma motivação para exonerar alguém do primeiro escalão.

“Não está previsto [mudança em ministérios]. Não tem nada que me leve a trocar um ministro que seja”, afirmou Bolsonaro.

No discurso, o presidente fez questão de elogiar Weintraub avaliando sua atuação como “excelente” e afirmou ainda que se a educação ainda não é das melhores é consequência dos governos anteriores.

“Olha a prova do Pisa [que é o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes]. Foi feito em abril do ano passado, uma das piores notas do mundo todo”, disse.

No início da tarde, Bolsonaro retirou-se do Palácio da Alvorada e foi à à festa de confraternização do gabinete do ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF).

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui